terça-feira, 11 de maio de 2010

MEMÓRIAS FALHAS E PÓSTUMAS

Dunga nem precisava clamar por patriotismo! Como todo brasileiro, amamos futebol e idolatramos o país, sobretudo, em época de Copa! Até o fim, vamos morrer de torcer pelo hexa! Mas, não duvidem, vamos morrer sofrendo!

Pedidos de perdão, esses sim caberiam, afinal, Dunga errou!

Antes de chegar a essa conclusão, busquei o senso de justiça, tirei a balança que poderia pesar a favor de números, pontos, resultados; e contra meu amor aflorado, irracional e perdido pelo futebol arte! Ponderei tudo aquilo que deveria e que, felizmente ou não, me veio à memória! Memória que pode sim me botar chifres! Mas se ela trai a um, trai a todos: inclusive a Dunga!

Não, não me esqueci da proposta primeira de renovação após o fiasco dos descomprometidos de 2006! Pelo contrario, concordei e, em partes, pequenas partes, diria até que fui atendida! Dos 23 jogadores convocados, somente 8 participaram da última Copa! Renovação de 65%! Uau? Uau nada! Os que entraram soam-me até mais ultrapassados que aqueles que não voltaram! A media de idade de 28,7 anos, a maior de toda a história do Brasil, comprova como é parcial e velho esse “novo”! Mas, ok! Ponto pro Dunga, afinal, promessa feita, promessa cumprida!

Preterir aqueles que trocaram a vida de herói pela vida de bandido (alguns, literalmente!), foi correto e... e... aí, como é difícil usar essa palavra depois de ouvi-la irresponsavelmente durante 3 anos e meio e, sobretudo, na última 1,5 hora! Mas, vamos lá: foi correto e COERENTE, pelo menos nesse específico caso! Não, não me interessa o que o jogador faz fora de campo! Desde que isso, é claro, não prejudique a perfeita harmonia exigida em um trabalho em grupo. Dunga 2 x 0!

Conquistas também pesam do lado direito da balança. Na era Dunga, só não conquistamos as Olimpíadas, que, aliás, se não foi feita para ter futebol, também não poderia ter sido feita para brasileiros! Tem extrema unção, Dunga! A Copa América veio acompanhada de 3 deliciosas cerejas sobre o bolo argentino! Uma delícia! A Copa das Confederações foi mais fácil, e isso não a desvaloriza, afinal, a tão temida Espanha sequer fez cócegas! Isso sem contar a 1ª colocação no ranking da CBF! Ah... como é imponente e tranqüilizador começar uma Copa já sendo o melhor! É como iniciar uma decisão já ganhando de 3 x 0 – o que, neste momento, faz Dunga sobre mim!

Irreversível? Temo que sim, afinal, entro nesse jogo, se Deus quiser, para perder! Abrir mão de lutar, NUNCA! Até que a taça entre dentro dos meus olhos e me forcem ao choro, revidarei a “coerência” com contestações! Coisa de jornalista...

O outro lado da balança é o esquerdo não por acaso! Ali, naquele setor, localiza-se por exemplo o coração dentro do corpo humano! Dunga, ao justificar a ausência de Adriano – pela qual, bato martelo -, disse que deixaria o coração de lado e se utilizaria da razão! Que razão é essa que no evento em que se reúnem os melhores jogadores do mundo, dá lugar aos reservas? A quem Doni, Felipe Melo, Kléberson e Júlio Baptista estão substituindo? Eu diria que estão entrando no lugar da titularíssima, porém, incoerente “coerência” de Dunga!

Sabe o que também fica do lado esquerdo, pra onde pende minha balança? A memória! Esse lado não vem sendo muito trabalhado por Dunga! Em 1 hora e 14 minutos de entrevista, ele se contradisse um numero bem suficiente de vezes! No começo, justificou todos os nomes dizendo: “Cada um foi construindo sua casinha durante esses 3,5 anos!”. Depois, disse: “Tem jogadores que jogam 5 minutos e aproveitam”. ??? Essa foi pra Grafitte, que foi convocado uma única vez e ainda por força do acaso: Luís Fabiano se machucou após a convocação para o último amistoso e a vaga caiu do céu para o atacante do Wolfslbourg, que jogou durante 27 minutos e deu 1 passe de calcanhar pro gol de Robinho contra a Irlanda! O seu “só?”, por incrível que pareça, para o Dunga quer dizer “tudo isso!”. E isso é razão!!! Coisa de técnico...

É tão razão quanto se esquecer que 6 meses em um clube podem sim dizer mais que 27 minutos na seleção! Realmente, em março, ninguém clamava pelos inexperientes Neymar e Ganso. Mas, por acaso, em 2006, alguém pedia Dunga na seleção? E quando ele foi anunciado por Ricardo Teixeira sem nunca sequer ter treinado um time na vida? Disso, da sua própria experiência (e superação!) com a falta de experiência, ele se esqueceu e, por isso, gritou que os Meninos da Vila são jogadores do futuro, assim como eternamente será o Brasil se tivermos nos postos de comando gente como Carlos Caetano Bledon Verri! Esse é o homem que não aceita colocar absolutamente ninguém acima da seleção brasileira, a não ser ele mesmo!

Pra mim, Dunga não jogou pra fora todo seu conhecimento nem minhas ansiosas esperanças, mas ficou na trave! Tomara que, como em 94, esse pênalti resvale no poste, mas morra no fundo da rede! Juro que torço!

3 comentários:

Carlos Eduardo disse...

Monara

Seu choro é simplismente por ser publicamente Santista e pelo Dunga não ter levado Ganso e Neymar.

Dunga está certo, Neymar é habilidoso, rápido, mas, não tem experiencia. No Brasil ele é favorecido pelo estilo de arbitragem que não pode soprar que é falta, no futebol internacional é diferente, não vai adiantar ficar se jogando o tempo todo.

Em relação ao Ganso, não dá pra dar a 10 pra um menino de 20 que só mostrou futebol no Campeonato Paulista e numa fraca Copa do Brasil.

Acredito que os 2 tem chances reais de fazer parte da seleção, mas, agora era arriscar demais sem necessidade.

Estar entre os 30 já foi muito bom para o Ganso.

Carlos Eduardo disse...

A maioria sequer sabe diferenciar 1° volante de 2° volante e Atacante de Centro-Avante e só brigam porque a televisão pra dar mídia levanta nomes de jogadores pouco prováveis.

Pra mim Ganso e Neymar não tem gabarito de seleção ainda.

Ah, ganharam o Paulistão. Contra quem?

O Corinthians e o São Paulo estavam preocupados com Libertadores e o Palmeiras está passando por uma tremenda crise administrativa e só não perderam porque teve o apito amigo.

Ah, mas, estão na Semi-final da Copa do Brasil?

O Atlético também está e nem por isso achamos que os jogadores do Atlético tem nível de seleção e vamos concordar, Copa do Brasil são os times que não foram pra Libertadores ou seja não tem os melhores times do Brasil.

Ronaldinho Gaucho não vem jogando bola tem muito tempo e todo mundo acha que ele tem que ir porque esperam que ele vai fazer denovo o que fez, se for assim chama o Pelé.

Adriano fez força pra não ir, nos jogos mais importantes do Flamengo ele ficou de fora por conta de coisas ridiculas.

No mais é isso ai mesmo, talvez o Vitor no lugar do Doni, mas, 3° goleiro tanto faz.

esport noticias disse...

amiga concordo com você , mas lá vai um comentário essa seleção está me lembrando a de 90 seleção sem criatividade no meio campo e se for longe vai ser no sufoco nos penaltis estilo Dunga . Deus nos livre desse sofrimento . ARGENTINA VAI GANHAR O MUNDIAL! VEDADE UM COMENTÁRIO SÉRIO.