sexta-feira, 27 de novembro de 2009

QUEM FALA O QUE QUER...


Ser campeão não é fácil. Hepta, então, nem se fala! Como se não bastassem os adversários de tabela, os concorrentes a título, e o tão contestado tribunal (não por mim, que isso fique bem claro!), o São Paulo se viu nesta semana diante de declarações exaltadas demais para um presidente de clube. Luiz Gonzaga Belluzzo, do Palmeiras, pegou pesado e, mais uma vez, passou dos limites! (Assista ao vídeo abaixo) Recapitulando! Ao dizer: “Ontem eles já morreram”, mr. Belluzo se referia à derrota do São Paulo para o Atlético Mineiro, ainda pela 30ª rodada do Brasileirão, quando o próprio Palmeiras liderava a competição, com 54 pontos. Quatro rodadas depois, o mesmo Belluzzo (desculpe a repetição do termo, mas não acho justo com o verdadeiro e digno Luiz Gonzaga) xingou e ameaçou o árbitro Carlos Eugênio Simon, foi denunciado e julgado pelo STJD por 9 meses. Mesmo assim, ainda houve explicações. A mídia, claro, tem o dever de dar o espaço, afinal, toda versão tem dois lados! Só que o lado de Belluzzo é contrário ao caminho que leva à ética, ao fair-play, à postura correta não só de um cidadão, mas de um homem que ocupa tal cargo. Ainda mais diante da exaltação de uma torcida quase descompromissada com esses princípios e, a partir daquele momento, insitada à violência moral ou, no mínimo, ao desrespeito! Dessa vez, a lamentação transpõe a comunidade sãopaulina e atinge a todos aqueles com um mínimo de sensatez. Não precisa gritar, xingar, muito menos matar. A taça já é sua, Belluzo, o pior de 2009!

Confira o vídeo do título:


Um comentário:

Vinícius disse...

Aproveitando que ta tudo liberado aqui no serviço e passando apenas para fazer breves considerações...


Parabéns para a melhor repórter do Brasil, eu diria do Mundo.

Monara Marques Gomes Cardoso!
heuiahuaehaeuihiuahe
=*********