terça-feira, 1 de julho de 2008

VERGONHA DENTRO E FORA DE CAMPO


A torcida é o reflexo do time. Se na tabela, o Goiás está nas últimas posições, nas arquibancadas ninguém está pior.

O total de 9.995 pagantes e a média de 3.332 torcedores nos 3 jogos que o time realizou no Serra Dourada (Goiás 1 x 1 Atlético-MG, Goiás 1 x 1 Ipatinga, Goiás 0 x 3 Grêmio), ocupam simplesmente a última colocação do campeonato no quesito público.

Em renda, o representante goiano também deixa a desejar. Com um total de R$183.230,00 e média de R$61.076,67 nos 3 jogos em Goiânia, o Goiás perde apenas para o Figueirense, que em público é o 16º, mas por cobrar pouco pelo ingresso (os preços variam de 5 a 40 reais, sem contar as meias-entradas), acaba sendo o último colocado nas cifras arrecadadas.

Para se ter uma noção, a representatividade do público goiano para a Série A é de apenas 1,11%; o de renda, de somente 1,37%.

Ruim para o Goiás, que continua sem patrocínio. Ruim para o Estado, que põe em jogo, nada mais nada menos, que uma Copa do Mundo.

5 comentários:

Vinícius disse...

a torcida é o reflexo do time...
foi a chave do texto...

sem mais...

Marco Aurelio disse...

mas com esse time ae também neh!?
ninguem quer ir no estádio sabendo que vai passar raiva neh monarinha??

abraços!

Fernando disse...

representa menos de 2% para o campeonato brasileiro???
imagina para uma copa do mundo???

Larissa Rodrigues disse...

Concordo!

Se a torcida tem motivos para não ir ao estádio...

o time tem motivos para jogar mal assim!


Mas eu ainda acredito que futebol tem de ser como um casamento
"Na alegria e na tristeza"

Resumindo:
A torcida tem o time que merece e vice versa!

Isabela disse...

Se o goiás tiver em 1º, 2º etc vai todo jogo dar 15 mil no estádio mas o time num ajuda como quer q dê um bom público?
Parabéns, seu blog está lindo!

visita o meu lá

virgulina.blogspot.com